segunda-feira, 24 de julho de 2006

A cor da "travessia" é rosa

sANdrA & um post para Riobaldo-Filósofo-Poeta

5 Comentários:

Blogger Tristão disse...

Fala Sandrinha, prenda minha,

Você ficou linda assim. É uma homenagem ao Rosa (?) também?

Beijos róseos.

6:40 PM  
Blogger sANdrA disse...

Trista,
é uma homenagem ao Rosa-Filósofo, sim de uma prenda dos pampas.
:)
beijos róseos procê também.
sandrinha

12:05 AM  
Blogger João Rosa Neto disse...

Oi, Sandrinha,

Muito obrigado pelas visitas e pelos beijos, ainda que beijos tal-vez...
Achei belo você ter sentido a energia que emana da casa e do jardim do Rosa.

Beijos enérgicos.

10:56 AM  
Blogger sANdrA disse...

Oi, João,
tudo que vem do mundo de Rosa me dá uma sensação de vida-diferente, não sentes assim também?
_ embora eu conheça muito pouco é assim que sinto_
a Casa emana alegria, iluminação, vida-vida, acho que Rosa faz parte da turma dos iluminados, como Gandhi, JC, Platão, Madre Tereza de Calcutá, Confúcio, Montaigne... e também algumas poucas pessoas que conheci nesta vida...
beijos-à-luz-de-velas-bem-iluminados

12:14 AM  
Blogger João Rosa Neto disse...

A expressão é do Riobaldo, Sandrinha. Ele a usa como manifestação do desejo de que o mundo não fosse como é - indeterminação, contingência, insegurança, aventura, danação, condenação à liberdade. Seria tão bom, pensa ele, se tudo tivesse rumo fixo, se todos os pastos estivessem demarcados...

Beijos desmarcados, sem rumo prefixado, do

João Rosa

12:04 PM  

Postar um comentário

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial